Ilha paradisíaca que pertenceu ao ator Marlon Brando terá o resort mais sustentável do mundo; Veja fotos

Localizado na Polinésia, o arquipélago foi comprado pelo ator em 1965. Após morar no local, Brando tentou construir um ecoresort, mas faleceu antes do projeto sair do papel. Agora, 10 após sua morte será inaugurado o resort mais sustentável do mundo

  
  
Localizada a 48 km do Taiti, o local é composto por 12 ilhotas que formam no centro uma lagoa com 5 km²

Quem nunca sonhou em morar numa ilha particular e paradisíaca no meio do nada? Pode até parecer uma ideia irreal, mas para atores como Marlon Brando isso foi uma realidade. Quando conheceu o atol de Tetiaroa, na Polinésia Francesa, foi amor a primeira vista! Sem pensar duas vezes, em 1965, ele comprou o local e foi morar no paraíso. Anos mais tarde decidiu construir um resort que fosse considerado o "mais sustentável do mundo", mas seu sonho não saiu do papel. Contudo, em um mês se tornará realidade.

A ilha que foi comprada por US$ 300 mil na época (que em valores atuais equivaleria a mais de US$ 10 milhões) possui 27 km². Localizada a 48 km do Taiti, o local é composto por 12 ilhotas que formam no centro uma lagoa com 5 km². A água azul turquesa dá um show a parte neste cenário, literalmente, hollywoodiano. Acessível apenas por barco ou hidroavião, o atol é conhecido como "ilhas do vento". Sol forte, água e vento fresco formam este paraíso encantador que fica a 20 minutos de avião do Taiti.

Em 1º de julho será inaugurado o meio de hospedagem mais sustentável do mundo, segundo a empresa responsável pela construção e administração do local. Exatos 10 anos após a morte de Brando será realizado seu grande sonho: um ecoresort no local. Entre os diversos investimentos que foram feitos para transformar a construção em um exemplo mundial de sustentabilidade, se destaca o revolucionário sistema de ar-condicionado que funciona com as águas profundas do Pacífico Sul e a energia que será gerada a partir de óleo de coco. O "The Brando" terá 35 vilas e 41 quartos com vistas paradisíacas, porém não será para todos. Os preços das diárias começam a partir de € 3,4 mil (R$ 10,2 mil) e o sistema é all incluse (tudo incluso). Quem preferir e tiver dinheiro para isso poderá comprar um dos 25 lotes que serão vendidos no local. O valor por cada 'pedacinho' deste paraíso será de R$ 5 milhões.

Marlon Brando
Brando que faleceu aos 80 anos, no dia 1º de julho de 2004, conheceu e casou com sua 3ª mulher no local. Considerado um dos melhores atores de todos os tempos, ele protagonizou sucessos como "O Poderoso Chefão", "Júlio Cesar", "Sindicato dos Ladrões", "Último Tango em Paris" e o "O Grande Motim". Inclusive, foi na gravação deste último filme que ele conheceu a ilha de Tetiaroa, na Polinésia Francesa. Mesmo tão belo e encantador, o atol foi cenário de uma tragédia. A filha do ator, Cheyenne, se suicidou no local em 1995. Segundo relatos da época, a jovem de 25 anos tinha depressão.

Polinésia Francesa
Considerada uma das regiões mais fotogênicas do mundo, a Polinésia Francesa é famosa por seu clima tropical e seu mar paradisíaco. O território ultramar que ainda pertence a França tem uma economia voltada para o turismo. São dezenas de resorts localizados nas 118 ilhas divididas em cinco arquipélagos. A capital é a cidade de Papeete que fica na principal ilha da Polinésia, o charmoso Taiti. É lá que está localizado o Aeroporto Internacional de Papeete que é considerado o principal da região.

Confira fotos do paradisíaco atol de Tetiaroa, na Polinésia Francesa
.

A ilha que foi comprada por US$ 300 mil na época (que em valores atuais equivaleria a mais de US$ 10 milhões) possui 27 km²

.

A água azul turquesa dá um show a parte neste cenário, literalmente, hollywoodiano

.

Considerada uma das regiões mais fotogênicas do mundo, a Polinésia Francesa é famosa por seu clima tropical e seu mar paradisíaco

.

Acessível apenas de barco ou hidroavião, o atol é conhecido como

.

Exatos 10 anos após a morte de Brando será realizado seu grande sonho: um ecoresort no local

.

Mesmo tão belo e encantador, o atol foi cenário de uma tragédia. A filha do ator, Cheyenne, se suicidou no local

.

Sol forte, água e vento fresco formam este paraíso encantador que fica a 20 minutos de avião do Taiti

.

Localizado na Polinésia, o arquipélago foi comprado pelo ator em 1965

.

Quem tiver dinheiro poderá comprar um dos 25 lotes que serão vendidos no local. O valor por cada 'pedacinho' deste paraíso será de R$ 5 milhões

.
Por Dennys Marcel

  
  

Publicado por em

Carlos

Carlos

29/05/2014 15:16:27
Sou mais a praia paradisíaca chamada Marcasado no litoral de São Paulo.

ANA IRIS HOLANDA

ANA IRIS HOLANDA

29/05/2014 12:40:31
SIMPLESMENTE MARAVILHOSO

LUIZ CARLOS MARANGONI

LUIZ CARLOS MARANGONI

29/05/2014 10:24:34
Fantástico, extraordinário, belo, lindo, mas infelizmente está fora do meu alcance pessoal. O que fazer, a vida é assim. Pelo menos eu posso ver estas belezas nas fotos.