Mergulho no Recanto Ecológico Rio da Prata revela a beleza do mundo subaquático em Jardim (MS)

Quem pensa que as águas cristalinas do Recanto Ecológico Rio da Prata são ideais apenas para realizar o passeio de flutuação, se surpreendem quando se deparam com a possibilidade de desvendar segredos mais profundos do rio através de mergulhos

  
  
Bonito Rio da Prata

Quem pensa que as águas cristalinas do Recanto Ecológico Rio da Prata, atrativo localizado em Jardim, no Mato Grosso do Sul, são ideais apenas para realizar o passeio de flutuação, se surpreendem quando se deparam com a possibilidade de desvendar segredos mais profundos do rio através de mergulhos com cilindro.

O que chama a atenção durante o passeio é a variedade de peixes como piraputanga, pacu, pintado e dourado; os feixes de luz, as galhadas e troncos caídos; paredões de pedras e formações rochosas, elementos que compõem uma paisagem subaquática incrível, revelando um mundo completamente diferente da superfície.

Essas características chamaram a atenção do fotógrafo Auder Machado Vieira Lisboa, que realizou o passeio de mergulho com cilindro e registrou algumas imagens durante o percurso. Uma dessas imagens foi contemplada com o 3º lugar no Concurso de Fotografia e Vídeo "Olhares sobre a Água e o Clima", realizado pela WWF-Brasil, em parceria com a Agência Nacional de Águas e HSBC Climate Partnership em 2010.

Auder conquistou a categoria Fotografia em Alta Resolução e nomeou sua foto como "Mundo Submerso".

Porém não só profissionais mergulham nas águas cristalinas do Rio da Prata. O passeio é indicado para qualquer pessoa acima de 10 (dez) anos de idade, sendo experiente ou não na atividade, basta ter vontade, disposição e curiosidade.

De acordo com João Gomes, instrutor de mergulho que opera a atividade no passeio, a maioria dos visitantes que realizam o mergulho com cilindro nunca o fizeram anteriormente. “Acompanho muitos turistas que nunca mergulharam na vida e após fazerem a atividade ficam extremamente agradecidos por terem realizado um sonho. Ressaltam também a tranquilidade e segurança durante todo o percurso”.

A presença de um mergulhador profissional é constante durante a atividade, que ocorre em profundidades entre 5 e 7 metros com boa visibilidade. Isso permite que o visitante possa desfrutar todo o passeio e fotografar o que vê ao seu redor.

“Mergulhar é viver em um novo mundo. Um mundo desconhecido, fascinante e silencioso, onde só se escuta o barulho das bolhas que se exala e a vida se renova a cada momento, minuto se torna como segundo, com tanta coisa pra se ver”, ressalta João Gomes.

O atrativo oferece todo o equipamento necessário para que o visitante possa realizar o passeio de mergulho com toda segurança. A atividade dura em torno de 30 a 40 minutos e pode ser realizada na sequência do passeio de flutuação.

Fonte: Rio do Prata

  
  

Publicado por em