Piscinas naturais de Barra do Camaragibe, em Alagoas, são analisadas

Se comprovada a possibilidade de exploração turística da região serão elaboradas normas de preservação para a utilização sustentável das piscinas, de acordo com informações do IMA.

  
  

Especialistas e técnicos do Ministério do Meio Ambiente (MMA), do Instituto do Meio Ambiente (IMA) e pesquisadores da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), fizeram uma análise das Piscinas naturais de Barra do Camaragibe, em Alagoas, para a verificar a viabilidade da exploração como atividade turística.

O diagnóstico encerrado neste sábado (08), foi feito durante três dias. A visita atende a uma solicitação da prefeitura local que pretende explorar a área. Foram verificados os aspectos físicos e bióticos. No dia 26 de julho foi realizada a primeira análise.

Se comprovada a possibilidade de exploração turística da região serão elaboradas normas de preservação para a utilização sustentável das piscinas, de acordo com informações do IMA.

Entre as ações previstas estão a delimitação de áreas adequadas para acesso de embarcações, limitação de passageiros, uso de sacolas para depósito de lixo, confecção de material educativo e ações de educação ambiental.

Fonte: Ambiente Brasil

  
  

Publicado por em