São Miguel do Gostoso, o recanto

O Rio Grande do Norte é conhecido pelas belas praias da capital, como Pipa, Genipabu, Jacumã e Pirangi. Mas há um município lá na “esquina” do Brasil, com praias que não devem nada às demais companheiras

  
  

O Rio Grande do Norte é conhecido pelas belas praias da capital, como Pipa, Genipabu, Jacumã e Pirangi. Mas há um município lá na “esquina” do Brasil, com praias que não devem nada às demais companheiras. É São Miguel do Gostoso, que fica a 100 quilômetros da capital, cujas areias preservam encantos ainda pouco explorados.

Não são muitas as praias do lugarejo. Suas águas claras e mornas mantêm um clima intimista no lugar. Por sua localização geográfica, os ventos são abundantes e a prática de esportes radicais como kitesurf e windsurf é bem comum, o que atrai esportistas de várias partes do mundo.

Mas há espaço para aqueles que estão atrás de paz e sossego. Sua principal praia é a de Tourinhos, de águas mornas e uma imensa duna, que segundo moradores, “se aquietou”. Ela se tornou um grande morro de cerca de oito metros de altura, com vista deslumbrante. A praia fica praticamente deserta ao longo de todo ano, inclusive nos feriados. Perfeito para contemplação de suas belezas e para recarregar as energias.

Um pouco mais distante, depois de Tourinhos, estão Morros e a praia do Marco. Lá desembarcaram os portugueses, em 1501, para demarcar as novas terras conquistadas. É onde está a réplica de um marco português do século 16. Em sentido oposto, a cerca de 15 quilômetros, está o mais alto dos 173 faróis sob o controle da Marinha do Brasil. Inaugurado em 1912, o farol Calcanhar é considerado estratégico por ser o ponto da América do Sul mais próximo da África, servindo de referência à navegação e à aviação.

Até hoje não se sabe a origem do termo “gostoso”, agregado ao nome do santo. Várias versões populares circulam pela região. As histórias são apenas mais um aperitivo do lugar, que é pura beleza e encantamento.

Fonte: Blog do Ministério do Turismo

  
  

Publicado por em