Turismo do litoral norte paulista quer elevar competitividade

Série de eventos apresentará projeto na região a partir do dia 19 de junho

  
  

O escritório regional do Sebrae em São Paulo em São José dos Campos, em parceria com representantes dos poderes público e privado do Litoral Norte de São Paulo, elaborou o Circuito Turístico Litoral Norte para estruturar e fortalecer os empreendimentos do setor de turismo, a fim de buscar alternativas para aumentar o fluxo de turistas e ampliar a permanência deles nas quatro cidades que compõem a região.

A partir de 19 de junho, o projeto será apresentado aos empreendedores de estabelecimentos de hospedagem, meios de alimentação, negócios ligados à produção cultural, agências de turismo receptivo, comércio varejista de suvenires, artesãos e donos ou gestores de empreendimentos como propriedades rurais ou urbanas dotados de recursos naturais e culturais das cidades de São Sebastião (19 e 20 de junho), em Ubatuba (22 de junho), em Caraguatatuba (23 de junho) e em Ilhabela (3 de julho).

O projeto terá a duração de três anos, e contempla ações diversas, como a formatação de produtos turísticos, culturais e artesanais, sensibilização e envolvimento da comunidade, estruturação de serviços de recepção ao turista, capacitação técnica e gerencial, plano de promoção e comercialização, gestão e qualidade de atividade turística.

O objetivo é aumentar em 30% o número de turistas que visitam a região, ampliando em 50% o tempo de permanência deles nas cidades. Para isso, o projeto do Sebrae/SP pretende sensibilizar os empresários dos segmentos ligados ao turismo para que eles se engajem em ações que levem à melhoria da qualidade dos serviços e produtos, e também ao melhor atendimento aos turistas.

Marimar Guidorzi de Paula, gerente do escritório regional do Sebrae/SP em São José dos Campos, enfatiza que a proposta do Circuito Turístico Litoral Norte é promover ações voltadas aos empresários do trade turístico, focando em melhor qualidade e desempenho dos empreendimentos turísticos.

“A estimativa é que, ao final do projeto, tenhamos um crescimento de 30% no número de turistas que visitam o Litoral Norte e que esses turistas permaneçam na região cerca de 50% a mais de tempo em relação aos que ficam atualmente”, diz Marimar. O resultado disso é o aumento da geração de renda e da oferta de empregos nas cidades que fazem parte do projeto.

Para George Hilf de Moraes, secretário de Turismo de Caraguatatuba, o projeto tem grande importância para o Litoral Norte, pois organizará um segmento econômico vital para a região. “Ainda não temos um conjunto de informações estruturadas sobre destinos, roteiros e equipamentos turísticos que trate dos municípios como destino”, contou.

Para Maria Inez Ferreira, secretária de Turismo de Ilhabela, as ferramentas oferecidas pelo projeto dão engajamento para o desenvolvimento das micro e pequenas empresas do setor, possibilitando que ao final a região se torne auto-sustentável. Da mesma forma, Marianita Bueno, secretária de Turismo de São Sebastião, vê no projeto a possibilidade de se obter uma fonte de renda contínua para os municípios. “Não podemos ficar dependentes da sazonalidade”, alertou.

Para José Luis Bittemcurt Júnior, secretário de Turismo de Ubatuba, é importante destacar o valor da regionalização. “Esse é o caminho. Outras regiões já vêm obtendo sucesso com esse tipo de trabalho. Devemos seguir a receita”, diz o secretário. “As quatro cidades trabalhando juntas são mais fortes do que agindo sozinhas”, acrescenta.

Desde dezembro de 2008, o escritório regional do Sebrae-SP em São José dos Campos vem promovendo ações para reunir representantes dos poderes público e privado com o objetivo de sensibilizá-los a implementar o Circuito Turístico Litoral Norte. Em janeiro e fevereiro deste ano, o potencial turístico, assim como o público-alvo de cada município foi dimensionado.

A partir de então, iniciou-se a construção do projeto. “O grupo definiu objetivos, ações e resultados intermediários e finais, de acordo com a realidade da região”, informa Tatiana Candeo, analista do escritório regional do Sebrae-SP em São José dos Campos. No dia 19 de maio, os líderes validaram o trabalho, concluindo-o para que fosse apresentado aos empresários das quatro cidades.

Serviço:
Sebrae em São Paulo - (11) 3177-4500
Assessoria de imprensa (Fátima Gamallo e Mariana Ianishi) - (12) 3204-8722
fatima.gamallo@andreolimsl.com.br / mariana@vistaagcom.com.br

Fonte: Agência Sebrae de Notícias

  
  

Publicado por em

Francis Alves - ASSOCIAÇÃO DE HOTEIS DE CARAGUÀ

Francis Alves - ASSOCIAÇÃO DE HOTEIS DE CARAGUÀ

08/07/2009 23:11:02
PREZADOS
ADORO O ECO VIAGEM.
ENTRETANTO PRECISO FAZER UMA CORREÇÃO.
CARAGUATATUBA NÃO PERTENCE A REGIÃO DO VALE DO PARAÍBA e sim do CIRCUITO LITORAL NORTE DE SÃO PAULO ( formado por Caragua, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba)
Se puderem ratificar ficarei extremamente grata.
Francis Ferreira Alves - PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE HOTÉIS E POUSADAS DE CARAGUATATUBA

Equipe EcoViagem

Equipe EcoViagem

Olá Francis, Poderia especificar onde consta o erro dentro desta matéria para que possamos corrigi-lo? Paragrafo e linha? Agradecemos o contato. Equipe EcoViagem