As lições do turismo para a sustentabilidade

Nove estados da Amazônia brasileira divulgam práticas sustentáveis em turismo na Rio+20

  
  
Acre: sabonetes com essências da Amazônia

A professora baiana Isabel dos Reis visitou o Parque dos Atletas da Rio+20 na manhã desta sexta-feira (22) com uma missão: encontrar materiais didáticos que despertassem o interesse dos alunos pelo tema da sustentabilidade. Encontrou CDs – com composições musicais infantis que falam sobre consciência ambiental – no estande Rondônia do Espaço Amazônia. O local reúne os nove estados do bioma brasileiro, que divulgam roteiros e destinos turísticos “verdes”, produtos feitos à base de insumos nativos e valores ambientais ligados à visitação dessas regiões.

Para Isabel, “trabalhar o lado lúdico do conteúdo sempre funciona bem. Precisamos desconstruir a cultura do consumo e construir a cultura da consciência ambiental. Esse é um trabalho que precisa começar agora, mas não é feito de ações pontuais: é uma educação continuada, sequencial. Falar das peculiaridades turísticas dos lugares é uma boa estratégia”, disse. As composições do CD “Acorde Azul” também podem ser conferidas no próprio estande, em uma espécie de ‘painel musical’.

Delícias da terra
No estande do Pará, a atração é o “banho de cheiro”, águas perfumadas com a mistura de ervas, raízes e essências da Amazônia que virou até nome de música na voz da cantora Elba Ramalho. Segundo os costumes paraenses, banhar-se na noite do dia 24 de junho, Dia de São João, ajuda a atrair bons fluidos.

Buriti e andiroba viraram sabonetes no espaço do Acre e, na tenda do Mato Grosso, o destaque é a banana chip e a castanha de baru, que podem ser degustadas ali mesmo. Já as pequenas filas que se formam no estande do Tocantins são de visitantes que não resistem à paçoca de carne de sol e ao licor de banana. Do Maranhão, vem a tradicional bebida de guaraná, que leva canela em sua composição. Quem visitar o estande da Amazônia poderá provar bombons de chocolate com recheios de frutas exóticas da região. Delícias de cupuaçu e açaí são distribuídas gratuitamente.

Fonte: MTur

  
  

Publicado por em