Parques nacionais brasileiros batem recorde de visitações

Resolução das Nações Unidas reconheceu o turismo sustentável como ferramenta para viabilizar economicamente a proteção de unidades de conservação.

  
  
O parque que registrou recorde de visitação é o de Itatiaia, no Rio de Janeiro. Com localização privilegiada, próximo a grandes centros emissores de turistas, como São Paulo e Rio de Janeiro, e com fácil acesso por meio de rodovias, o Parque Nacional de Itatiaia recebeu 118 mil turistas em 2014 / Divulgação

O país de maior potencial em turismo de natureza do mundo, de acordo com estudo do Fórum Econômico Mundial, registrou, em 2014, um número recorde de turistas brasileiros e estrangeiros em seus parques nacionais.

Apenas o da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro, recebeu 3,1 milhões de visitantes, número que cresce ano a ano desde 2011. Da mesma forma, o Parque do Iguaçu (PR), famoso pelas Cataratas, também alcançou um número inédito: mais de 1,5 milhão de pessoas.

O ministro do Turismo, Vinicius Lages, afirma que o órgão prepara as cidades do entorno para lidar com o aumento de visitantes, investindo em qualificação profissional, e viabiliza recursos para a infraestrutura dos parques em parceria com o ICMBio.

“O potencial de crescimento é enorme. As belezas naturais podem atrair um número cada vez maior de visitantes”, disse.

A visitação de parques nacionais passou de 1,9 milhão em 2006 para seis milhões em 2013.

Os números de 2014 ainda não foram fechados pelo Instituto Chico Mendes (ICMBio), responsável pela administração dos parques.

Os Estados Unidos registram mais de 282 milhões de pessoas nos 401 sítios administrados pelo National Park Service, órgão federal responsável pelos parques americanos. Eles geraram US$ 30 bilhões de receita e 252 mil empregos com a visitação desses parques.

A procura pelo turismo de natureza é uma tendência mundial. Segundo a Organização Mundial do Turismo, a expansão do segmento está entre 15% e 25% ao ano.

A fim de preparar o país para atender a essa demanda, o Ministério do Turismo considera a estruturação dos parques e o aumento das visitações como prioridade estratégica do Plano Nacional do Turismo (PNT).

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros(GO) é um exemplo de como o investimento em infraestrutura pode impulsionar a visitação. O recorde de público foi no ano passado - 39 mil turistas, quase 10 mil a mais do que em 2013 .

O resultado se deve, segundo Carla Guaitanele, chefe da unidade, a dois fatores: deixou de ser obrigatória a presença de guias acompanhando os turistas e foi concluída uma obra de asfaltamento da rodovia que leva à Vila de São Jorge, no município de Alto Paraíso (GO), porta de entrada para a Chapada.

Outro exemplo de parque que registrou recorde de visitação é o de Itatiaia

, no Rio de Janeiro. Com localização privilegiada, próximo a grandes centros emissores de turistas, como São Paulo eRio de Janeiro, e com fácil acesso por meio de rodovias, o Parque Nacional de Itatiaia recebeu 118 mil turistas em 2014.

Turismo sustentável

Em janeiro, uma resolução das Nações Unidas reconheceu o turismo sustentável como ferramenta para viabilizar economicamente a proteção de unidades de conservação, bem como para o desenvolvimento local.

“A resolução da ONU prova a relevância do turismo e pede ações específicas, além de ajudar governos a priorizar atividades que tornem o turismo uma das forças para o bem. Mas isso deve ser feito, ao mesmo tempo em que sejam eliminados os impactos do turismo nos recursos naturais. Eficiência é algo com o qual estamos preocupados”, avalia Dirk Glaesser, diretor do programa de desenvolvimento sustentável da Organização Mundial do Turismo (OMT).

Visite: www.revistaecotour.com.br

Fonte: MTur / Gustavo Henrique Braga

  
  

Publicado por em