Pescadores e ostreiros discutem plano de desenvolvimento em Coruripe/AL

O objetivo é unificar parceiros e promover melhoria na qualidade de vida dos piscicultores e ostreiros

  
  

Com o objetivo de unificar parceiros e promover melhoria na qualidade de vida dos piscicultores e ostreiros, a Secretaria Municipal de Turismo e Pesca e membros da Associação de Orientação às Oficinas do Nordeste (Assocene) promoveram reunião com foco no diagnostico rápido e participativo, das principais demandas das associações e colônias, no município de Coruripe. O evento aconteceu na última quinta-feira (12), no auditório da Secretaria Municipal de Educação.

A proposta da reunião foi traçar o perfil da necessidade de cada município visando o aprimoramento de capacidades locais de autogestão dos interesses coletivos, inserção do segmento das cadeias produtivas do setor, além de gestão sustentável dos recursos aquícolas e pesqueiros.

De acordo com Adriano Quiorato, engenheiro de pesca da Assocene, as informação colhidas em Coruripe, e nos municípios de Jequiá da Praia, Feliz Deserto, Piaçabuçu, Penedo, Igreja Nova, Teotônio Vilela, São Brás e Porto Real do Colégio que compõem o colegiado do Baixo São Francisco, serão passadas em forma de relatório para o Plano de Desenvolvimento Territorial da Pesca e Aquicultura.

“Prepararemos uma apresentação prevista para final de dezembro ou início de janeiro, onde o plano será submetido à audiência pública para aprovação da comunidade, e assim ser executado no município. Em seguida, o plano será encaminhado para os representantes do Ministério da Pesca e Aquicultura que disponibilizarão via projeto, melhorias no setor”, explicou.

O chefe de gabinete municipal de Turismo e Pesca, Luiz Azevedo, informou que o objetivo da formação do colegiado é a unificação dos parceiros em ações de melhoria da qualidade de vida dos pescadores. “Precisamos congregar os parceiros como Sebrae, Codevasf e Icmbio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), Seagri, entre outros. O relatório é feito de forma minuciosa, por exemplo, temos que identificar os grupos que realizam pesca de arrastão, pesca de linha, marisqueiras, e pessoas que cultivam ostras”, enfatizou.

Capacitação no Turismo

No mesmo dia, a Secretária de Turismo e Pesca promoveu curso de “Atendimento ao cliente com foco no Turismo”, para cerca de 30 funcionários da rede hoteleira local, ministrado por representantes do Sebrae, no Pontal de Coruripe.

Empresários de hotéis, pousadas e restaurantes acompanharam o curso. “Temos que trabalhar o desenvolvimento turístico da região de forma integrada e desenvolver as nossas ações com foco no profissional qualificado”, comentou a Turismóloga Angélica Gustavo, representante da Secretaria.

Na próxima quarta-feira (18), os participantes contarão com o último módulo do curso e receberão a entrega de certificado.

Fonte: Secretaria de Turismo de Coruripe

  
  

Publicado por em

Nao identificado

Nao identificado

19/07/2011 17:12:14
A FASE ja esta trabalhando com os pescadores da baixada cuiabana e isso é de suma importância!