Turismo paulista está no caminho certo

Desde sua posse no segundo dia de 2007, o secretário de Esporte, Lazer e Turismo do Estado de São Paulo, Claury Santos Alves da Silva, junto com sua equipe, não tem medido esforços em favor do desenvolvimento do Turismo

  
  

Desde sua posse no segundo dia de 2007, o secretário de Esporte, Lazer e Turismo do Estado de São Paulo, Claury Santos Alves da Silva, junto com sua equipe, não tem medido esforços em favor do desenvolvimento do Turismo Paulista.

De início, optou por pontuar todos os destinos e roteiros existentes em nosso Estado, para formatar e adequar aos padrões de qualidade internacional. Hoje, o Estado de São Paulo apresenta um quadro de 41 destinos turísticos sendo, oito roteiros internacionais, quatro desses integrados com outros Estados como Minas Gerais, Paraná e Rio deJaneiro.

Há também um trabalho articulado com a coordenadoria do Projeto de Desenvolvimento do Ecoturismo da região da Mata Atlântica integrando a Pasta do Turismo com a Secretaria Estadual do Meio Ambiente que visa a junção dos seis parques estaduais, cinco do Vale do Ribeira, e um de Ilhabela. Esses parques estão integrados aos roteiros internacionais.

“Estamos convocando cada um dos 41 destinos para reunião com técnicos da COTUR (Coordenadoria de Turismo) mobilizando os setores públicos, privados, instituições de ensino e terceiro setor. Tudo para qualificar seus produtos”, informa o secretário em uma das quatro reuniões já realizadas com os Destinos Internacionais, que ocorreram na sede da secretaria, na capital paulista e, que envolveram 30 municípios dos circuitos Chapada Guarani, Aventura & Lazer, Circuito Cavernas da Mata Atlântica, Roteiro Lagamar, Capital e Pólo Ecoturístico Caminhos do Mar.

As ações do Turismo Paulista, não param por aí. Alves da Silva destaca o trabalho de capacitação e qualificação dos agentes públicos e privados que vem sendo ordenado, para o fomento de todos os segmentos do turismo: Turismo de Aventura, Ecoturismo, Rural, Pesca, Cultural (histórico, religioso e étnico), Sol e Praia, Negócios e Eventos, Náutico e Saúde, pois o Estado Paulista tem os melhores hospitais do Brasil e da América Latina como referência. Nesses programas serão qualificados as Prefeituras, as Secretarias ou departamentos de turismo dos municípios, os prestadores de serviços turísticos, os empresários e o terceiro setor:

Ongs e representantes de comunidades.

Enfatiza o secretário que “O objetivo de todas essas ações é identificar as necessidades dos municípios para fortalecer a estruturação dos destinos turísticos do Estado de São Paulo, para a obtenção de um padrão de qualidade referente ao mercado nacional e internacional, visando a diversificação da oferta e mostrar que o Estado de São Paulo é muito mais que um destino para negócios e eventos”.

Fonte: Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo

Del Valle Editoria

Contato: vininha@vininha.com

Site: www.animalivre.com.br

  
  

Publicado por em