10 formas de fazer uma viagem boa e barata - ou até de graça!

Viajar é o sonho da maioria das pessoas e, ao contrário do que muita gente pensa, dinheiro não deve ser motivo para não viajar.

  
  
Viajar é viver experiências diferentes em novos horizontes

Pode-se dizer que a maioria das pessoas gosta muito, adora ou ama viajar.
Se você tem família, é uma forma de ficar perto e dar atenção para as pessoas que você mais ama - além de poder compartilhar experiências marcantes com elas.
Se está namorando, é o melhor jeito de curtir o(a) amado(a) e dar uma animada na relação.
Se você viaja sozinho, vai poder fazer o que quiser, na hora que quiser e certamente vai conhecer gente nova, culturas diferentes e lugares incríveis - e isso não tem preço!
Sair da rotina e se dispôr a se movimentar, é descobrir e aproveitar a vida!

E o que você adquire de mais valioso nas viagens que faz são as vivências que tem a oportunidade de experimentar, os novos amigos com os quais passa a se relacionar e as histórias que você vai voltar contando aos seus amigos.

Isso tudo é energia para você e para o seu dia-a-dia. Viajar traz qualidade de vida!

De acordo com a última Pesquisa de Hábitos de Consumo do Turismo Brasileiro, realizada pelo do Ministério do Turismo, dentre os entrevistados que não pretendiam viajar pelos próximos dois anos o maior motivo impeditivo foi a falta de condições financeiras.

Porém, existem muitas formas de economizar em viagens; e não importa se você está aberto a viagens mais alternativas ou se seu estilo é viajar com conforto e estrutura… sempre haverá formas de economizar e tornar viável aquilo que até então parecia sonho.
.

10 formas de economizar em suas próximas viagens e poder viajar muito mais

Usar Milhas aéreas

Você certamente já ouviu falar de sobre programas de fidelidade, que pode acumular milhas aéreas com compras com cartão de crédito. Possivelmente acha que este é um assunto complicado e não controla suas milhas, não sabe quanto tem, muito menos se movimenta para conseguir mais. A maioria das pessoas (brasileiros, principalmente) desperdiçam as suas milhas que se reverteriam não só em passagens aéreas, mas aluguéis de carro, hotéis e alguns produtos. Existem várias de formas de acumular milhas aéreas e, ao contrário do que muita gente pensa, é possível acumular milhas mesmo sem comprar passagens aéreas e sem precisar gastar fortunas no cartão de crédito - aliás, não é necessário sequer ter cartão de crédito.

.

Viajar de Navio por preço quase simbólico

Nos meses de março/abril, após os cruzeiros europeus chegarem no Brasil trazendo uma quantidade enorme de pessoas, os navios retornam à Europa bem mais vazios, quando surgem promoções imperdíveis. São 10 a 15 dias atravessando o Atlântico por valores quase simbólicos.

.

Pernoitar de graça e com segurança em qualquer lugar do mundo

Pra quem gosta de interagir com pessoas novas e quer poder se hospedar sem precisar pagar nada a dica é o Couchsurfing: uma rede com mais de 9 milhões de membros que oferecem e pedem sofás emprestados. Lá você encontra sofás disponíveis em mais de 120 mil destinos do mundo todo, e pode também oferecer o seu sofá pra receber viajantes brasileiros e estrangeiros.

.

Se hospedar em albergues (Hostels)

É uma ótima escolha para quem viaja sozinho (ou em 2). Os quartos são coletivos e a diária costuma ser bem em conta (muitas vezes com café da manhã). Para quem não se importa com a questão da privacidade é uma boa forma de economizar, interagir com as pessoas e fazer amizades.

.

Trocar trabalho por hospedagem e alimentação

Existem redes de troca de trabalho voluntário por hospedagem/alimentação ao redor de todo o mundo. Ao se cadastrar em uma rede a pessoa está se disponibilizando a trabalhos voluntários em troca de hospdedagem e alimentação. Os serviços estão ligados a agricultura, habilidades como a construção, carpintaria, paisagismo, ajuda em barcos a vela e trabalhar com cavalos e outros animais. Estas redes são conhecidas como “Fazendas Orgânicas” e estão espalhadas em todos os continentes. São boas opções para quem tem alguma habilidade nestas atividades e deseja conhecer outros países sem pagar nada.

.

Alugar um amigo local

Outra forma de economizar em uma viagem é ir aos lugares certos e mais baratos: restaurantes, bares, festas, excursões, produtos locais… Porém, esses lugares nem sempre são os mais divulgados aos turistas e quem os conhecem bem normalmente são os moradores locais. Nesta hora se você tiver um amigo local “alugado” para te levar direto aos lugares que valem mais a pena, você certamente vai economizar e ainda fazer novas amizades.

.

Alugar um quarto na casa de alguém

Conhecida como “Bed and Breakfast” (Cama e Café da manhã), esta é uma categoria de hospedagem que vem crescendo de maneira acelerada apesar de ainda não ser tão popular no Brasil. Os sites de Bed and Breakfast disponibilizam cadastros para casas e quartos disponíveis para alugar e a ideia normalmente é oferecer alto padrão por valores baixos. Além das casas e quartos, também é possível alugar barcos, lanchas ou motorhomes para pernoitar. Todos os locais disponíveis tem avaliações e referências. A proposta é ficar em ótimos lugares pagando valores bem abaixo dos de hospedagem em hotéis e ainda conhecendo o(a) dono(a) e podendo fazer amizade. Hoje são dezenas de grandes sites como AirBnB, Roomorama e o Wimdu.

.

Viajar de Carona

<br />Existem vários sites nos quais as pessoas se comunicam com objetivo de pedir e oferecer caronas. É uma prática que tem enorme tendência de crescimento pois o seu maior impasse (a insegurança de um modo geral) é reduzido com a organização dos sites e seus sistemas de referências dos usuários, que podem fazer contato, conversar e conferir as referências dos outros membros antes de viajarem juntos. Claro que aqui também existem algumas técnicas para a prevenção de riscos.

.

Comprar viagens em sites de compra coletiva

Esta é uma opção com assunto extenso. As coisas podem funcionar perfeitamente e você não ter nenhum contratempo, entretanto, há um número alto de reclamações em relação a este tipo de sites. É uma alternativa de viagem muito barata, os descontos chegam até 70%. Existem técnicas que podem ajudar a prevenir indisposições, para que seja possível aproveitar as oportunidades das compras coletivas sem medo.

.

Fugir das altas temporadas

Alta temporada é sinônimo de altos valores! Para economizar programe-se para viajar em períodos de baixa temporada - normalmente primavera e outono, fora de feriados, Ainda tem a vantagem de temperaturas mais amenas, o que é um ponto positivo se você for fazer uma viagem internacional por exemplo, para não ser surpreendido por temperaturas extremas. Estas são as épocas em que as passagens, hospedagens e passeios estão mais em conta. Em relação às passagens, normalmente de terça a quinta os valores são ainda menores.

_____________________

Além dessas, existem ainda mais formas de economizar em viagens; basta abrir a mente e quebrar o dogma de que “viajar é muito difícil”; e, se você quiser mesmo viajar, certamente vai se identificar com uma ou mais formas de viajar barato, a vai ver que é possível respirar novos ares e vivenciar experiências diferentes.

Acompanhe as próximas matérias do Canal Viagem BOA e BARATA aqui no EcoViagem e confira detalhes sobre cada uma dessas maneiras de viajar barato.

  
  

Publicado por em